Depois do Carnaval, o Carnaval dos Animais

O Carnaval passou, e em homenagem a esses dias festivos, vou colocar aqui um vídeo do Carnaval dos Animais, de Camille Saint-Säens (1886). O vídeo é do filme Fantasia 2000, da Disney, e retrata o Finale dessa suíte composta por outros treze movimentos, sendo que cada um é dedicado a um animal diferente. Bem divertido!!

Audição para Orfeu e Eurídice

Vão até amanhã as inscrições para a audição de Orfeu e Eurídice, de Gluck, organizada pela Associação Coral da Cidade de São Paulo.

Dias de audições: 20 e 21 de fevereiro de 2010
Ensaios e montagem: abril e maio de 2010
Locais de espetáculo: Theatro São Pedro e CEU Butantã, São Paulo

Personagens para audição:

ORFEU – Mezzosoprano ou contralto – estatura mínima de 1,70m
Recitativo: “Numi, barbari Numi!” (Ato I – Ed. Bärenreiter compasso 291, p. 25)
Ária: “Che puro ciel” (Ato II – Ed. Bärenreiter compasso 29, p. 76)
Ária: “Che farò senza Euridice” (Ato III – Ed. Bärenreiter compasso 404, p. 128)

EURÍDICE – Soprano
Recitativo: “Qual vita è questa mai” (Ato III – Ed. Bärenreiter comp. 193 p. 114)
Ária: “Che fiero momento” (Ato III – Ed. Bärenreiter comp. 218 p. 116)

AMOR – Soprano
Recitativo: “T”assiste Amore!” (Ato I, Cena II, Ed. Bärenreiter p. 28)
Ária: “Gli sguardi trattieni” (Ato I, Ed. Bärenreiter comp. 37 p. 30)

Os trechos deverão estar memorizados, e as candidatas serão acompanhadas pelo pianista da produção.

Inscrições: producao@coralsp.org.br
Mande um e-mail com solicitação de confirmação de leitura, com a mensagem “Inscrição para audição” no campo “Assunto” e informando os seguintes dados no corpo da mensagem:

Nome completo
Telefone fixo
Telefone celular
Voz
Papel pretendido
Anexar currículo e fotografia

Os inscritos receberão e-mail de confirmação de inscrição em até 7 dias a partir do recebimento do e-mail de inscrição. Boa sorte!!

Quebrando vidros e madeiras

Muito se ouve sobre a capacidade que Enrico Caruso tinha de quebrar taças de cristal com sua voz, mas essa eu nunca tinha ouvido. Conversando com meu avô, ele me contou que o pai dele (meu bisavô Severino), teve a felicidade de assistir ao Caruso em sua apresentação no Theatro Municipal de São Paulo, em 1917. Pois bem, disse ele ao meu avô que, em certo momento, o tenor emitiu uma nota com tanto volume, que fez rachar a madeira do teto do teatro. Uma lasca até teria caído sobre a platéia.

A explicação física é que a voz, por ser uma onda sonora, faz as moléculas ao redor dos materiais (cristal, madeira ou qualquer outro) vibrarem em certa freqüencia. Se a nota for suficientemente volumosa e longa a ponto de chegar até o material, e combinar com a freqüência de ressonância desse material, ele vai vibrar até rachar ou quebrar.

Ainda bem que o Caruso não cantou na freqüência ressonante do lustre!!

Aniversário de Semiramide

Hoje é 3 de fevereiro, dia em que a ópera Semiramide, de Rossini, estreou em Veneza, há 187 anos (embora algumas fontes coloquem como 2 de fevereiro). Para comemorar, estou postando um vídeo da June Anderson cantando a ária Bel Raggio Lusinghier, de Semiramide.

Demais!! É uma das árias mais difíceis para soprano coloratura: notem a sequência entre 5’17” e 6’10”, como ela faz com perfeição. É tão lindo que faz passar praticamente despercebida a micro instabilidade na voz em 4’33”. Assistam e vejam como ela emociona tanto com a voz (algo que é imprescindível no bel canto), quanto na atuação.

La brasiliana in Italia – Tati Helene

Conheçam o blog da cantora lírica Tati Helene, contando suas aventuras nesta temporada que passará na Itália, cursando o mestrado que ganhou em bolsa de estudos do Conservatório A. Buzzolla, em Adria.

Tem muita informação bacana, relatos de viagem e fotos, e certamente por esse blog ficaremos sabendo de suas conquistas pelo velho mundo e além. Leia aqui.